Segue-nos

Notícias e Eventos

Educar filhos "brilhantes"? Cientistas explicam

Um adolescente nascido em 2000 terá até 15 empregos ao longo da vida. Oito deles deles ainda não estão inventados. Duas cientistas contam ao jornal Observador como educar crianças para este futuro.

Os adolescentes que estejam a sair hoje do ensino secundário terão, em média, entre 10 a 15 empregos durante toda a sua vida. Oito deles ainda nem estão inventados. Em 20 anos, 47% dos empregos podem estar perdidos para a automatização. Isso são mais ou menos 80 milhões de postos de trabalho. Não podemos estudar para ingressar em empresas que ainda não foram criadas, mas será que não podemos estimular competências nos nossos filhos que lhes serão sempre úteis, mesmo num mundo onde já só existam caixas de pagamento automático nos supermercados e as pizzas nos cheguem a casa num drone?

Podemos — e há duas cientistas educacionais que escreveram um livro a ensinar como. Roberta Michnick Golinkoff e Kathy Hirsh-Pasek, uma professora de ciência cognitiva e uma psicóloga educacional, que passaram as últimas três décadas a estudar a forma como as crianças apreendem, retêm e utilizam o conhecimento, desenvolveram um método científico para educar crianças “brilhantes”.