Segue-nos

Notícias e Eventos

Aulas de programação vão chegar ao 1º ciclo do ensino básico

Tal como as disciplinas de Inglês, Educação Física ou até mesmo Cidadania, as crianças do primeiro ciclo do ensino básico poderão passar a aprender noções de programação.

Este é um projecto-piloto levado a cabo pela Direcção-Geral da Educação. O projecto Iniciação à Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico, nesta primeira fase, será incluído apenas nas escolas que demonstrem interesse pela matéria e que nele se inscrevam.

A iniciação à aprendizagem da programação desde o 1.º Ciclo do Ensino Básico promove um conjunto alargado de capacidades, nomeadamente, o trabalhar em equipa, a estruturação e organização de ideias, a criatividade, o espírito crítico, a resolução de problemas, o pensamento analítico e a atenção aos detalhes.

A capacitação digital é cada vez mais uma necessidade que se repercutirá tanto no mundo do emprego como na vida quotidiana. Segundo os dados da Comissão Europeia, a Europa precisará de cerca de 900 mil trabalhadores nas áreas TIC e de cerca de 2 milhões, se incluirmos as CTEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática), já em 2020.

Tendo em conta estas necessidades, a Direcção-Geral da Educação desafia as escolas públicas de Portugal Continental a serem as primeiras a ensinar programação aos seus pequenos alunos dos 3º e 4º anos de escolaridade.

programação_básico_1

Os Agrupamentos participantes poderão indicar até três professores para participar na formação, a promover pela DGE, que decorrerá em sistema de e-learning. As escolas terão, ainda, acesso a um sistema de acompanhamento e apoio online, através de uma comunidade de prática alojada no site da iniciativa.

Até agora, estão já cerca de 65 escolas inscritas no projecto-piloto que irá incidir no ensino das linguagens de programação de interface gráfica Kodu e Scratch.